quinta-feira, 11 de agosto de 2022

MARCELO TAS CONVERSA COM SIDARTA RIBEIRO

Bom demais um encontro como este. O neurocientista diz também ter sua própria religião, seu altar, quando Marcelo Tas brinca: “Você está virando xamã?”

 

Assista à entrevista, https://www.youtube.com/watch?v=7XZ-3J8EAf0    

 

Tom Simões, 11 de agosto de 2022

 

Meus leitores conhecem meu hábito de compartilhar uma ou outra entrevista comandada por Marcelo Tas no programa #Provoca,   exibido na TV Cultura. Costumo dizer que numa conversa produtiva, numa leitura útil, a gente sempre sai melhor do que era antes.

domingo, 7 de agosto de 2022

O QUE NOS FAZ SER DE ESQUERDA OU DIREITA? A CIÊNCIA EXPLICA

Trata-se da súmula de artigo publicado em 2015 no El País, jornal diário espanhol, cuja íntegra está disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2015/12/16/ciencia/1450280276_883678.html#?rel=mas 


Tom Simões, 7 de agosto de 2022


Além da educação, até mesmo os genes podem condicionar a orientação ideológica, escreve Ignacio Morgado Bernal, catedrático de Psicobiologia no Instituto de Neurociência e da Faculdade de Psicologia da Universidade Autônoma de Barcelona.

sábado, 2 de julho de 2022

MARCELO GLEISER RESPONDE: AS CRIANÇAS VÃO MUDAR TUDO. ELAS SÃO AS DONAS DO FUTURO DO PLANETA.

Marcelo Gleiser, 1959 (63): físico, astrônomo, professor, escritor e roteirista brasileiro; atualmente pesquisador e professor da Faculdade de Dartmouth, nos Estados Unidos. É membro e ex-conselheiro geral da American Physical Society. 

 

Tom Simões, 2 de julho de 2022

 

Trata-se de mais um desses temas fundamentais que vez por outra costumo selecionar para conscientizar os atentos leitores.

Para o cientista Marcelo Gleiser, é fundamental mostrar para as crianças que elas são as donas do futuro e que, portanto, elas têm uma responsabilidade. Não precisa chocar, não precisa exagerar, mas abrir os olhos das crianças para o papel que elas têm e irão ter como cidadãs. O cientista convida à reflexão sobre o papel dos indivíduos na transformação do futuro das próximas gerações.

domingo, 26 de junho de 2022

SOBRE PARENTES E AMIGOS

 Tom Simões, www.tomsimoes.com, junho 2022


Foto: Pixabay  

 

Há algo que diferencia parentes, sobretudo os não consanguíneos, de amigos. Não se escolhem os parentes. Amigos legítimos, ao contrário, despontam em nossa vida pelo que há de comum entre os dois, características semelhantes tanto na personalidade quanto no modo de viver. Nessa relação, ambos se tornam um. Mas há que haver uma relação sincera, onde um e outro possam se revelar como se revela numa terapia psicanalítica. Segundo Eclesiástico 6:14: “O amigo fiel é uma forte proteção, e quem o achou, achou um tesouro”. Eles suportam a nossa felicidade. Sim, uma espécie de ‘anjo’! Por sua vez, há parentes que a gente sobreleva pela natural ausência de compatibilidade; mas há também os que podem se tornar fiéis amigos. Felizes os que sabem conviver com resignação entre os seus à ação do destino!

sexta-feira, 3 de junho de 2022

OS MISTÉRIOS DO UNIVERSO

Aparições de OVNIs (Objetos Voadores Não Identificados), experiências de quase-morte e mediunidade desafiam as leis da natureza e intrigam a Humanidade há séculos


Tom Simões, www.tomsimoes.com, junho 2022

 


A ciência começa a decifrar experiências extraordinárias de que a consciência pode ir além do corpo físico para outras dimensões. O documentário “Despertar – Data Limite” propõe uma profunda reflexão sobre a evolução moral da Humanidade, o progresso individual, a grandeza do Universo, o fato de a criatura humana não estar sozinha e os possíveis desdobramentos de um futuro próximo.

Na minha opinião, ao absorver esses produtivos ensinamentos, nos sentiremos como ao finalizar a leitura de um bom livro: já não seremos mais os mesmos.

domingo, 22 de maio de 2022

QUANDO TENTAMOS OUVIR A NÓS MESMOS, FREQUENTEMENTE SOMOS INUNDADOS POR UMA CACOFONIA (qualidade do que soa desagradavelmente) DE RUÍDOS CONFLITANTES. Muita gente toma muito cuidado para não se investigar profundamente...

 Tom Simões, www.tomsimoes.com, maio 2022


 

“[...] O humanismo sempre enfatizou que não é fácil identificar nossa vontade autêntica. Quando tentamos ouvir a nós mesmos, frequentemente somos inundados por uma cacofonia de ruídos conflitantes. Com efeito, às vezes não queremos ouvir nossa voz autêntica porque ela pode desvendar segredos inconvenientes e fazer solicitações desconfortáveis.

Muita gente toma muito cuidado para não se investigar muito profundamente. Uma advogada bem-sucedida, em ascensão na carreira, pode reprimir uma voz interior que lhe diz para fazer uma pausa e ter um filho. Uma mulher presa num matrimônio insatisfatório teme perder a segurança que ele lhe provê. Um soldado com sentimento de culpa é atormentado por pesadelos sobre as atrocidades que cometeu. Um jovem inseguro quanto a sua sexualidade segue uma política pessoal de ‘não pergunte, não conte’.

quinta-feira, 12 de maio de 2022

NUNCA DEIXE DE APRENDER

                    Marcelo Tas recebe o pastor Henrique Vieira no ‘Provoca’

 

Tom Simões, Santos (São Paulo, Brasil), 12 de maio de 2022


https://www.youtube.com/watch?v=miTuvuPyTh0

·         Clique aqui para assistir à entrevista

  

Eu lhes peço carinhosamente, caríssimas e caríssimos seguidores: não deixem de assistir a esta poderosa aula sobre o verdadeiro amor, com base no exemplo de Cristo. Não importa a fé que se processa, importa como se reverte essa fé em benefício do próximo e das suas circunstâncias como um todo.

quarta-feira, 9 de março de 2022

GUERRAS, ATÉ QUANDO? UMA REFLEXÃO...

 Tom Simões, jornalista, 9 de março de 2022

 

 

Tanto desenvolvimento tecnológico. Tantas conquistas! Mas, do ponto de vista humanista, o ser humano (especialmente os ditadores, os candidatos a ditadores, e seus seguidores) continua ainda numa espécie de pré-existência, nos primeiros degraus da longa escada da ascensão racional e espiritual.

“Isso é muito pré-histórico”, revela um amigo. “Inacreditável: cenas de guerra em pleno século XXI. Vergonha de ser humano!”, outro amigo.

Tenho profunda sensibilidade em relação a tal realidade. Não me conformo! Essa incompreensível irracionalidade incomoda-me bastante...

domingo, 12 de dezembro de 2021

Quem tem o afortunado hábito de elogiar?


 Tom Simões, jornalista, 12 de dezembro de 2021

 

RECONHECE-SE serem raras as pessoas com essa capacidade natural. Elogiar significa encontrar virtudes ou qualidades, avaliar positivamente. Trata-se de uma qualidade difícil e incomum nos relacionamentos do cotidiano: o desejo de ser útil. E isso implica em estar bem, sentir-se produtivamente preenchido, para poder refletir esse estado no contato humano. Há pessoas tímidas, sim, com dificuldade de fazer elogios. Como há quem se incomode inconscientemente de ver o outro realizado. Há que se entender! Os bem-aventurados compreendem a complexidade das relações humanas. Eles nunca deixam de elogiar quem se diferencia de alguma forma em seu comportamento habitual, até mesmo um desconhecido, surpreendendo-o! É triste reconhecer, todavia é mais comum criticar ações produtivas do que louvá-las. Puro desconhecimento! Receber um elogio ou encorajamento promove bem-estar e acolhimento, em ambas as partes. Elogiar alguém faz um bem enorme ao elogiado e, maior ainda, a quem tem o dom de reconhecer desinteressadamente valores pessoais ou uma tarefa bem-sucedida, de quem quer que seja. Alguém citou: “Reforçar positivamente o que de melhor as pessoas têm não é ignorar o seu lado obscuro; é dizer ao universo que não estamos disputando nada com ninguém”. Diz a máxima kantiana: “Age como se a máxima de tua ação devesse tornar-se, através da tua vontade, uma lei universal”.  Seja justo com quem faz a diferença! 

segunda-feira, 1 de novembro de 2021

DIA DE FINADOS: ORIGENS E EXPECTATIVAS

                                              Uma aula muito esclarecedora...

https://www.youtube.com/watch?v=_gqJ2ka11rg

(clique no link para assistir)

 

Tom Simões, jornalista, 31 de outubro de 2021  

 

Meus leitores conhecem o meu hábito de compartilhar também mensagens extraordinárias de outros autores, capazes de nos transformar produtivamente em pessoas melhores. Desta vez, o escolhido é o jornalista André Trigueiro, especializado em jornalismo ambiental.

sexta-feira, 8 de outubro de 2021

DESSAS CONVERSAS QUE ALIVIAM A ALMA...

Nesse encontro a chefe Morena Leite, 41, não se foca apenas na arte da culinária, mas o que muito me surpreende: abrange-a de forma filosófica. Concebo tal entrevista como uma espécie de oração. A simplicidade de Morena traduz-se na própria maneira de vestir-se ... Virei seu ‘fã de carteirinha’!

 

C O N F I R A!

 

Tom Simões, jornalista, 8 de outubro de 2021


“TUDO o que você pode mudar é apenas a sua atitude. Aí está a sua responsabilidade. Você é responsável apenas pelo que pode mudar” escreve Sri Nisargadatta Maharaj, guru indiano. Há outro pensamento, de autor desconhecido, que cita sabiamente: “A felicidade se alcança não por domínio, mas por harmonias”...

sábado, 2 de outubro de 2021

COMO LIDAR COM A DESINFORMAÇÃO NA INTERNET

No programa “Provoca”, da TV Cultura paulista, Marcelo Tas entrevista Jimmy Wales, um dos fundadores da Wikipédia. No bate-papo, Jimmy conta que, nos primeiros dias da Wikipédia, não dormia pensando nos plantadores de fake news.

 

Para assistir à EXCELENTE entrevista, clique no link https://www.youtube.com/watch?v=QXpK2sPfWLI

 

Imagem: Pixabay  

 

Tom Simões, jornalista, 2 de outubro de 2021

 

Não deixe de assistir! Daí eu incluí-la como espécie de ‘raridade’ no meu blog. No dia 28 de setembro de 2021, o talentoso Marcelo Tas recebeu um convidado internacional: Jimmy Wales, 55, empresário americano da internet, um dos fundadores da Wikipédia, que neste ano completa 20 anos de existência.

quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Mundo melhor



"MELHORANDO-NOS, melhoramos as nossas circunstâncias. Melhorando as nossas circunstâncias, melhoramos o mundo."


Tom Simões, setembro 2021

sexta-feira, 24 de setembro de 2021

OCITOCINA: “HORMÔNIO DOS VÍNCULOS EMOCIONAIS”

Sua liberação começa no parto, segue durante a amamentação e é fundamental para os relacionamentos pessoais como um todo. O baixo índice de ocitocina no organismo pode originar transtornos como depressão, estresse, desmotivação, ansiedade e rejeição. Daí a importância das boas ações. A pessoa que não seja capaz de sair, de se envolver com pessoas ou causas que tenham sentido, reduz significativamente sua qualidade de vida. Portanto, alimente ocitocina no seu cérebro!



 

Tom Simões, jornalista, 24 de setembro de 2021

 

A vida traz sempre lições oportunas. Aos atentos! Enquanto isso, um montão de gente desperdiça um tempo danado pesquisando emojis para compartilhar na rede social... Só não evoluem os preguiçosos. Nesse sentido, é bom lembrar o célebre pensamento de Sócrates: “Só é útil o conhecimento que nos torna melhores”.

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Deus habita o nosso interior

       A qualquer momento, quando você estiver na sintonia certa com a existência, Ele se revelará...


 

Imagem: Autor não identificado

  Tom Simões, www.tomsimoes.com, agosto 2021

 

A BUSCA do reino de Deus (ou Reino dos Céus, Mundo de Luz, Natureza Divina, Força Onipotente...) é o eixo central dos ensinamentos de Jesus.     

Existe uma verdade subjacente a todas as religiões: a minha religião é uma religião interior. Há algo que diz: “Deus habita o nosso interior. Na palavra ‘Deus’ tem um ‘eu’.”

terça-feira, 3 de agosto de 2021

OS EFEITOS DA NATUREZA SOBRE A SAÚDE MENTAL (ECOPSICOLOGIA)

 

https://www.youtube.com/watch?v=fls6lY0Y90U

Para quem deseja experimentar mudanças pessoais. Eu considero esse vídeo do psicólogo clínico Marco Aurélio Bilibio uma espécie de ‘oração’ para a saúde mental.

 

Tom Simões, jornalista, Santos (São Paulo, Brasil), 3 de agosto de 2021

 

NÓS não somos só seres racionais. Nós somos seres da natureza! Você sabia que o contato com árvores e o mar, bem como a prática da meditação, têm efeito antidepressivo? Essas são práticas para as pessoas se afastarem um pouco do excesso de civilização. Com esses hábitos, a tagarelice mental vai diminuindo...

terça-feira, 22 de junho de 2021

Meditação e Autocompaixão: Restaurando a Própria Luz

(Clique no link para assistir)


Tom Simões, jornalista, junho 2021

 

A PRINCÍPIO, eu apenas publicava no blog artigos de minha autoria. Só ultimamente também passei a inserir outros autores com ensinamentos extraordinários, como este do psicólogo clínico Marco Aurélio Bilibio, com base na filosofia budista.

Nós sofremos por conta da ignorância. A felicidade não está no desejo. A felicidade é da ordem da Paz. A nossa noção de felicidade é bastante empobrecida, diz Bilibio, ela foi capturada pela sociedade de consumo.