sexta-feira, 11 de abril de 2014

O LADO OCULTO DAS COISAS

Nada pode estar oculto de nós, a não ser em razão de nossas próprias limitações


EU TRABALHO com textos destinados a quem deseja compreender a totalidade da vida e não somente um pequeno fragmento dela. Remexendo recentemente meus livros, interessei-me novamente pela obra “O Lado Oculto das Coisas”, de C.W. Leadbeater, que li há 30 anos.  Leadbeater, falecido em 1934, dedicou-se durante cerca de 50 anos ao estudo e vivência do Ocultismo e de suas leis. Ele legou à humanidade uma vasta literatura no gênero, a qual prima pela objetividade científica e clareza didática.

Em um trecho, escreve o autor: “Quando observamos o mundo que nos circunda, não podemos ocultar de nós mesmos a existência de um imenso quadro de dor e sofrimento. Em verdade, grande parte é culpa dos que sofrem, e podia ser facilmente evitado com o exercício de autocontrole e senso comum. Mas quando, através do nosso conhecimento do lado oculto da natureza, estamos em condições de olhar do alto, o desenho principia a se desenvolver ante os nossos olhos, e o aparente caos se converte em progresso ordenado. Devemos ter em conta não só a pequena parcela da vida que os nossos olhos físicos podem ver, mas a imensa totalidade, da qual tanta coisa é para nós invisível no momento. O ocultista estuda cuidadosamente todos esses efeitos invisíveis e, portanto, sabe, mais do que os outros homens, quais as consequências de seus atos. Possui maior soma de informações sobre a vida e, usando de bom senso, modifica a sua vida de acordo com o que sabe. Meu único objetivo, então, é capacitar-me para ajudar o mundo, e todos os meus pensamentos e ações se dirigem a essa meta.” 



Leadbeater dirige-se somente àqueles que se acham determinados a trilhar o caminho do discipulado que conduz à meta suprema. Porque os conhecimentos são postos à disposição apenas de quem já experimenta um certo grau de evolução que lhe permite apreendê-los. “Não estão sendo recusados ao homem comum mais do que o é, por exemplo, o conhecimento sobre seções cônicas à criança que ainda está aprendendo a tábua de multiplicar. Quando a criança atinge o nível em que pode compreender equações quadradas, o professor se dispõe a explicar-lhe as regras que as governam”, observa o escritor.

Para ele, a verdade é que nada está ou pode estar oculto de nós, a não ser em razão de nossas próprias limitações, e que para todos nós, à medida que avançamos em evolução, o mundo se alarga progressivamente, visto que nos tornamos capazes de ver cada vez mais a sua magnitude e a sua beleza.


O OCULTISMO

“Ocultismo é, portanto, o estudo do lado oculto da natureza; ou melhor, é o estudo da natureza em sua ‘totalidade’, e não apenas daquela parte mínima que é objeto de investigação da ciência moderna. No presente estágio de nosso desenvolvimento, sem dúvida, a maior parte da natureza é inteiramente desconhecida da humanidade, porque esta ainda não desenvolveu senão em proporção insignificante as faculdades que possui. E por isso o homem comum baseia sua filosofia (se é que tem alguma) sobre terreno de todo inadequado; suas ações moldam-se mais ou menos de acordo com as poucas leis da natureza que ele conhece. Consequentemente, tanto a sua teoria da vida como o seu comportamento diário são necessariamente incorretos”.

Ao homem que nada conhece do oculto é difícil perceber como são grandes e sérias as suas limitações e como a tudo se estendem. Os estudantes de teosofia estão, pelo menos em teoria, familiarizados com a ideia de que tudo tem o seu lado oculto; e também sabem que, na grande maioria dos casos, esse lado invisível é de importância muito superior ao que é visível ao olho físico. “Só há um meio de podermos representá-las adequadamente: é supor uma forma de consciência ainda mais limitada que a nossa, e imaginar em que sentido ela difere”, orienta o estudioso.

Leadbeater conta que, contemplando a mesma ideia de outro ponto de vista, os sentidos, por cujo intermédio obtemos todas as nossas informações acerca dos objetos exteriores, estão ainda imperfeitamente desenvolvidos. “As informações recebidas são, portanto, parciais. O que vemos no mundo que nos cerca está longe de representar tudo o que há para ver; e um homem que se der ao trabalho de cultivar os sentidos verá que, à medida que progredir, a vida para ele se tornará cada vez mais plena e mais rica. Para o amante da natureza, da arte, da música, um vasto e não-suspeitado campo de prazer e alegria jaz ao alcance de suas mãos, bastando que se decida a penetrar ali. E, sobretudo para quem ama o próximo, há a possibilidade de uma compreensão mais íntima e, portanto, de benefícios muito mais amplos.

Dois mil e quinhentos anos atrás, o maior dos Instrutores hindus, Gautama BUDDHA, declarou aos seus discípulos: “Não vos lamenteis, não griteis, não supliqueis, mas abri os olhos e vede. A verdade se acha junto de vós, se apenas vos dispuserdes a tirar a venda dos olhos e olhar; e ela é tão maravilhosa, tão bela, que excede a tudo quanto os homens já sonharam ou por que oraram – e existe para todo o sempre”.

ENFIM, LEITOR...

Conforme nos inspira C.W. Leadbeater, “O primeiro fato a considerar é que todas as coisas irradiam influência no meio em que se acham, e que o meio, por sua vez, lhes está sempre retribuindo a influência. Literalmente, todas as coisas – o sol, a lua, as estrelas, os anjos, os homens, os animais, as árvores, as pedras – tudo emite uma incessante corrente de vibrações, cada uma com seu tipo característico, não somente no mundo físico, mas também nos mundos sutis. Apenas um número limitado dessas radiações pode ser captado pelos nossos sentidos físicos. Sentimos imediatamente o calor irradiado pelo sol ou pelo fogo, mas, em geral, passa despercebido à nossa consciência que nós próprios estamos constantemente irradiando calor; no entanto, se estendermos a mão para um radiômetro, o delicado instrumento reagirá ao calor que lhe é comunicado pela mão, até mesmo à distância de vários decímetros, e começará a girar. Dizemos que a rosa tem um perfume, e a margarida, nenhum; sem embargo, a margarida está desprendendo partículas da mesma forma que a rosa; acontece apenas que num caso tais partículas são perceptíveis aos nossos sentidos, e no outro não o são”.

E então, amigos, dá para a gente refletir um bocado sobre essa maravilhosa complexidade do  Universo, não é mesmo? “Conhecimento significa poder, segurança e felicidade”, é o que escolho de Leadbeater para finalizar a, suponho eu, produtiva conversa. E se você, leitor, conseguiu se interessar até aqui pelo texto, certamente está determinado a continuar trilhando o caminho do discipulado que conduz à Verdade Suprema. Parabéns, por fazer parte do 1% da humanidade interessada na Ciência Holística.



Revisão do texto: Márcia Navarro Cipólli, navarro98@gmail.com

17 comentários:

  1. Izabel - izabel@bignet.com.br24 de agosto de 2016 11:08

    Conhecimento tb significa visão 360º sem restrições.Na aula de filosofia na Faculdade, monsenhor Pestana já alertava : " Se eu cito a palavra operação, o matemático, o médico, o militar, o estudante, interpretará de acordo com sua vivência.Se estou diante de uma casa cujas paredes externas são pintadas de cor diferente, e pergunto que cor é a casa? Cada um vai responder de acordo com o lado em que está" .Nosso Brasil atual está necessitando essa visão 360º

    ResponderExcluir
  2. Como hoje tenho vontade de mergulhar nessa amplitude!!!

    ResponderExcluir
  3. Como hoje tenho vontade de mergulhar nessa amplitude!!!

    ResponderExcluir
  4. Ganhei o livro quando fui em Portugal em 2000. It's a treasure.

    ResponderExcluir
  5. Por favor pode enviar a copia do livro em pdf pa o meu emai ? Fico muito agradecida. Meu email é mjcoutinho@remax.pt
    Estou em Portugal diga-me se precisar alguma coisa daqui.
    Obrigada Maria José Pereira Coutinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desejo receber o.livro. rpmef@yahoo.com.br. agradeço

      Excluir
  6. DESEJO RECEBER VIA E-MAIL COPIA PDF DO LIVRO ACIMA CITADO

    O LADO OCULTO DAS COISAS

    EMAIL:eulesbaessaa@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. Desejo receber o.livro lucasbvibiam19@hotmail.com Obrigado !

    ResponderExcluir
  8. Desejo receber o.livro lucasbvibiam19@hotmail.com Obrigado !

    ResponderExcluir
  9. Olá, também desejo receber o livro em PDF! Agradeço a atenção e envio meu e-mail.
    concip@gmail.com
    Bom dia!

    ResponderExcluir
  10. Se puder, pode me enviar por favor um arquivo pdf do livro "o lado oculto das coisas" para o meu email?? =D ...Email:
    Programer.Rogean@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. Tb gostaria de receber a copia em pdf
    O meu e-mail é luciapersonalfinance@gmail.com

    ResponderExcluir
  12. Gostaria de receber a cópia em PDF do livro O Lado Oculto das Coisas. Obrigado.

    wilsonbrancocwb@gmail.com

    ResponderExcluir
  13. Por favor, gostaria de receber uma cópia (PDF) do Livro: O lado Oculto das coisas. Desde já agradeço!!!
    edgar.bambui@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. Gostaria de ter o livro se possível em PDF, O Lado oculto das coisas. Grato!!
    Veneravelvictor@gmail.com

    ResponderExcluir
  15. Gostaria de ter o livro se possível em PDF, O Lado oculto das coisas. Grato!!
    Veneravelvictor@gmail.com

    ResponderExcluir
  16. Por favor, gostaria de receber uma cópia (PDF) do Livro: O lado Oculto das coisas. Desde já agradeço!!!
    cade_mario@hotmail.com

    ResponderExcluir

Para comentar mais facilmente, ao clicar em “Comentar como – Selecionar Perfil”, selecione NOME/URL. Após fazer a seleção, digite seu NOME e, em URL (preenchimento opcional), coloque o endereço do seu site.