terça-feira, 25 de junho de 2019

DEUS ABENÇOE - Religiosidade do Ponto de Vista de um Jornalista Livre-pensador


Tom Simões lança sua primeira obra, em 1º de junho de 2019




EU me reconheço como um ‘livre-pensador’. Daí minha obra contemplar diferentes correntes religiosas. Deus Abençoe incita o leitor a explorar uma nova maneira de olhar para si mesmo, possuindo a imaginação mais criativa que possa conceber. Desperta para o desperdício e o perigo de uma vida não examinada, auxiliando-o em seu crescimento. 

A obra não trata de uma teoria abstrata a respeito da religiosidade. Meu desejo é que o leitor saiba como manter a tranquilidade nos momentos mais desafiadores da sua vida, e não apenas quando tudo está normalizado. Por que algumas pessoas mantêm um estado de serenidade mesmo quando enfrentam problemas e desafios? Porque elas pararam de ser egocêntricas. 

Por que livre-pensador? É que a melhor religião é a que mais nos aproxima de Deus, do Poder Superior, do Infinito. A que nos torna melhores. Aquela que nos faz mais compassivo, mais sensível, mais desapegado, mais amoroso, mais humanitário, mais responsável, mais ético. A religião que conseguir isso é a melhor religião.

Como lembra Tenzin Gyatso, o 14º Dalai Lama, é claro que dentro da religião vamos encontrar a prece, a meditação, mas a verdadeira prática religiosa ocorre quando a incorporamos no dia a dia, mantendo a mente desperta de forma a lembrar que há uma crença, antes de nos deixar levar pela raiva, apego ou medo. 

Ao abordar a espiritualidade, eu preciso transmiti-la de forma lógica, sensata e prática, torcendo para que o leitor assimile e adote os bons Ensinamentos. Todas as palavras não podem ser senão úteis, capazes de promover mudanças. Sócrates ensina: “Só é útil o conhecimento que nos torna melhores”.






No meu Deus Abençoe reina um culto ao que a vida me proporciona, à tomada de consciência por ações inconscientes, à proteção que peço ao próximo. Pensar nos outros diminui minhas preocupações. A compaixão e a generosidade são essenciais para a felicidade original, o estado durável de plenitude.    
         
Tudo vem naturalmente quando a consciência se expande. Algo diz que uma pessoa feliz não tem tudo de melhor, ela torna tudo melhor. Clamo pelo Deus Interior e peço ‘consciência’ acima de tudo. Busco capacitar-me para favorecer o Mundo. Todos os meus mais puros desejos conduzem ao Deus Abençoe.

TORNANDO-SE espiritualmente esclarecidas, as pessoas vão se compenetrando cada vez mais que a vida merece atenção. A religiosidade está sempre além do livro. Uma consciência religiosa nunca é viciada nas palavras. Tudo é infantil, lembra um texto hindu. Uma pessoa religiosa está à procura de experiências autênticas, não de palavras pedidas emprestadas, não da experiência dos outros. “Assim, um mestre não está interessado em lhe dar o livro certo. Ele não existe. O verdadeiro mestre está interessado em deixar você de cabeça para cima. O mestre está interessado em valorizá-lo (a), em transformar a sua pessoa. Ele não está interessado em lhe dar um livro”, orienta o Racionalismo Cristão.

Pronunciar Deus Abençoe é como eu dizer: Eu lhe saúdo, Universo! Comungo a paz, elimino as diferenças. É quando substituo a sensação de um eventual desconforto pela sensação de quietude, de bem-aventurança... A bem-aventurança não depende de ninguém. É a alegria de criar; se os outros vão apreciar ou não é totalmente irrelevante. A gente se alegra enquanto cria. E isso já é mais do que suficiente.


Quando alguém diz ‘Que Deus te Abençoe’, não está apenas desejando o melhor ao outro, mas também atuando em seu próprio favor. Pois quando bendizemos alguém, desfrutamos da força invisível do amor incondicional - o amor divino. 


A verdadeira religiosidade reside na santidade do gesto simples do cotidiano. É a resposta de gratidão à oportunidade que a vida oferece em cada momento. Eu me sinto abençoado com a possibilidade de enxergar o Mundo além do pensamento comum. E, por receber essa bênção, ela é o suficiente para aquietar minha mente. Saúdo cada conquista, cada reflexão, cada perdão, com Deus Abençoe! Que é o aspecto central da minha solitude.    


Deus Abençoe’ é uma obra editada pela Realejo Livros & Edições, Santos (São Paulo, Brasil), que pode ser adquirida também pela internet, http://oseulivreiro.com.br/produto/deus-abencoe-religiosidade-do-ponto-de-vista-de-um-jornalista-livre-pensador-pre-venda/?fbclid=IwAR2b5xVEqvprHB_d6vHSrDVwwHCjlp1vVfKW8h_ZcEXEpLWJVYItE54DnGk



***

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar mais facilmente, ao clicar em “Comentar como – Selecionar Perfil”, selecione NOME/URL. Após fazer a seleção, digite seu NOME e, em URL (preenchimento opcional), coloque o endereço do seu site.