terça-feira, 14 de janeiro de 2020

A VERDADEIRA ORAÇÃO

Tom Simões, tomsimoes@hotmail.com, 14 de janeiro de 2020




O EXERCÍCIO habitual da bondade e generosidade é a verdadeira oração, esse ato religioso que nos conecta com a Divindade. De nada adianta promessas e sacrifícios (peregrinar, jejuar, andar de joelhos, ir à missa por obrigação...), beijar imagens, rezar distraidamente o terço, repassar correntes religiosas, pular ondas na virada do ano, se a ignorância e o egoísmo permanecem. Tudo isso contraria o bom senso e o raciocínio lógico. A gente não precisa pedir nada ao Divino, interessadamente. Atraímos o que merecemos. É necessário refletir sobre o verdadeiro propósito da vida humana. A verdadeira oração é agir sempre de forma a produzir a maior quantidade de bem-estar ao próximo. Quando a gente se sente preenchido, surge naturalmente o desejo de compartilhar... É então que dá pra falar de felicidade genuína, sim.” 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar mais facilmente, ao clicar em “Comentar como – Selecionar Perfil”, selecione NOME/URL. Após fazer a seleção, digite seu NOME e, em URL (preenchimento opcional), coloque o endereço do seu site.